Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 22:28   |   64 Usuários OnLine   |   Fale Conosco
Construção Shopping Presentes para Namorada
 
 

Almofadas, Ursinhos e Bichinhos de Pelúcia
Você esta em: Construção Shopping » Construtora começa demolição de imóvel abandonado na avenida Norte


Construtora começa demolição de imóvel abandonado na avenida Norte

Vinte e duas famílias sem teto que moram desde 1996 em um casarão na Avenida Norte, no bairro da Tamarineira, foram surpreendidos esta manhã com a chegada de operários da Rodolfo Aguiar Incoporações e Empreendimentos. Os funcionários foram ao endereço para iniciar a demolição de um imóvel desocupado, localizado ao lado do casarão. A situação dos prédios foi mostrada ontem em reportagem no DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR.

Até agora, as famílias não foram informadas se a intervenção, que, de acordo com os trabalhadores da construtota será realizada para possibilitar a construção de um prédio residencial, vai causar também a desocupação do casa onde eles vivem. A demolição deve ser concluida ainda hoje e, desde o início da manhã já trouxe um transtorno para os sem teto: a energia foi cortada.

Localizados perto da Avenida Cônego Barata, os dois casarões modernistas estão uma das áreas com metro quadrado mais caro do Recife e guardam histórias em seus traços e seus interiores. O imóvel 3.641,  ocupado pelos sem teto, não tem muros ou portões e se destaca como verdadeiro retrato do esquecimento. Segundo as diretorias de Patrimônio e de Controle Urbano da Prefeitura do Recife, o prédio aparenta ter sido construído na década de 1950 e não está inserido em programas de proteção do patrimônio. “Sem dúvidas é um belo edifício moderno com fachada de expressão clássica e grandes aberturas”, resume a professora de Arquitetura da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Guilah Naslavsky. Hoje, o imóvel é uma propriedade particular, mas o dono, que deveria fazer a manutenção, não tem sido localizado para receber notificações.

Apesar da arquitetura, o casarão chama mais atenção pelas condições em que vivem as 22 famílias que ocuparam o imóvel e disputam espaço entre o térreo e o primeiro andar. A ocupação começou em 12 de junho de 1996, quando as nove primeiras famílias deixaram seus barracos de taipa, no bairro do Totó, e se alojaram na estrutura, cujo piso em argila tratada ainda é original e os azulejos de revestimento continuam preservados.

Com informações do repórter Ed Wanderley
Fonte: PERNAMBUCO.COM

Compartilhar: Salve no Delicious Comente no digg Publique no facebook Marcar no Google BookMarks Postar no MySpace Twit-this! Windows Live  

Comentários sobre esta notícia

Esta notícia ainda não teve nenhum comentário.

Seja o primeiro, comente já!


Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu Nome:
Seu E-mail: (não será publicado)
Seu Site:
Seu Comentário: (Caracteres restantes: )

 
 
Brasil Post Móveis
B&N Projetos
Doka Bath Works
Vidraçaria Brasil
Quintal Paisagismo
TelhaNorte
 

Siga-nos no Twitter!
Links | Parcerias
Antenas
Suporte para Antenas
Banheira
Banheiras
Banheiras Contemporâneas
Banheiras Vitorianas
Banheiras para Bebés
Marketing em Medicina
Marketing para Clínicas
Agência de Publicidade em Campinas
Cirurgia Endovascular
Embolização de Miomas Transformação Digital
Lente de contato dental São Paulo
 
 
 
Novos Anúncios
Últimos Anuncios
Domos e Clarabóias Azulejos, Pisos e Revestimentos Portas e Janelas Divisórias e Box Banheiros Telhas Areia e Pedra Tijolos Cerâmica Engenharia
Top 5 Anúncios
 
ConstruçãoShopping.com.br
© 2009-2020 Direitos Reservados.
  Desenvolvido por
Argon | Otimização de Sites