Quarta-feira, 30 de Setembro de 2020, 02:22   |   39 Usuários OnLine   |   Fale Conosco
Construção Shopping Presentes para Namorada
 
 

Almofadas, Ursinhos e Bichinhos de Pelúcia
Voc esta em: Construo Shopping » Cinco pessoas são denunciadas por fraude no Minha Casa, Minha Vida


Cinco pessoas são denunciadas por fraude no Minha Casa, Minha Vida

Portão  - O promotor Marcelo Tubino remeteu, na quarta-feira (1) ao Fórum da cidade a denúncia contra cinco pessoas por envolvimento em esquema de fraude envolvendo a construção de moradias populares em Portão. Foram denunciados o vereador João Pedro Gaspar dos Santos (PT), o ex-vereador Clério Von Muhlen (PT) – detidos na Operação Habitare, da Promotoria de Justiça e Brigada Militar no dia 19 de maio – e mais três pessoas ligadas a uma associação de bairro e a uma cooperativa. Entre elas está José Valdir Silva, preso em flagrante, também no dia 19, pelo porte ilegal de arma. Com ele haviam sido encontrados R$ 13 mil. Os três foram soltos por meio de habeas corpus.

Quadrilha

Conforme o promotor, as cinco pessoas investigadas deverão responder por crime de apropriação indébita, falsidade ideológica, estelionato, quadrilha e bando e lavagem de dinheiro.As penas podem chegar de sete a 25 anos de reclusão. A denúncia contém 28 laudas e 37 testemunhas.

Como funcionava o esquema

Conforme o MP, moradores faziam financiamentos para construção de moradias por meio de associações de bairros ou cooperativas. Os cinco investigados colocavam comparsas nos cargos diretivos dessas entidades, para onde eram enviadas verbas públicas. Em seguida, as casas eram construídas parcialmente e com materiais de segunda linha, lesando as vítimas. "Com isso, os fraudadores se apropriavam do restante do crédito habitacional conferido a cada beneficiário", esclarece o promotor.

Nome de terceiros

Segundo Marcelo Tubino, os denunciados, para dissimularem a riqueza ilegalmente adquirida, compraram imóveis em nome de terceiros, participaram faticamente de sociedade em nome de terceiros, adquiriram veículos em nome de laranjas, além de transferirem capital das pessoas jurídicas para contas de outras empresas que eram de seu domínio fático. Em sete meses de investigação, o MP apurou desvio de R$ 800 mil destinados à construção de casas populares.

Defesa aguarda

A advogada de defesa dos denunciados, Eloisa Corinaz Pereira, disse na noite de quarta (1º) ao Jornal VS que ainda não havia tomado conhecimento da denúncia do promotor. “Vou conferir o teor para depois falar.” Na segunda-feira, o vereador João Pedro Gaspar dos Santos usou a tribuna da Câmara de Vereadores para se defender do que classificou como “política mesquinha”. O vereador disse que só 5% das pessoas beneficiadas com as casas reclamaram.

 

Fonte: Diario de Canoas

Compartilhar: Salve no Delicious Comente no digg Publique no facebook Marcar no Google BookMarks Postar no MySpace Twit-this! Windows Live  

Comentrios sobre esta notcia

Esta notícia ainda não teve nenhum comentário.

Seja o primeiro, comente já!


Envie seu comentrio sobre esta notcia
Seu Nome:
Seu E-mail: (no ser publicado)
Seu Site:
Seu Comentrio: (Caracteres restantes: )

 
 
Brasil Post Móveis
B&N Projetos
Doka Bath Works
Vidraçaria Brasil
Quintal Paisagismo
TelhaNorte
 

Siga-nos no Twitter!
Links | Parcerias
Móveis para Área Externa
Banheira
Banheiras
Banheiras Contemporâneas
Banheiras Vitorianas
Banheiras para Bebês
Marketing em Medicina
Marketing para Clínicas
Agência de Publicidade em Campinas
Cirurgia Endovascular
Embolização de Miomas Transformação Digital
Lente de contato dental São Paulo
 
 
 
Novos Anúncios
Últimos Anuncios
Domos e Clarabóias Azulejos, Pisos e Revestimentos Portas e Janelas Banheiros Divisórias e Box Telhas Areia e Pedra Tijolos Cerâmica Engenharia
Top 5 Anúncios
 
ConstruçãoShopping.com.br
© 2009-2020 Direitos Reservados.
  Desenvolvido por
Argon | Otimização de Sites