Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020, 13:10   |   70 Usuários OnLine   |   Fale Conosco
Construção Shopping Presentes para Namorada
 
 

Almofadas, Ursinhos e Bichinhos de Pelúcia
Você esta em: Construção Shopping » Justiça suspende contrato para construção da usina de reciclagem


Justiça suspende contrato para construção da usina de reciclagem

A Justiça de Barretos suspendeu o contrato firmado  entre a Prefeitura de Barretos e a empresa Riomar Concreto e Argamassa Ltda, que visava à implantação da Usina de Reciclagem de Entulhos da Construção Civil (URECC) no município. Pelo contrato, assinado em 26 de janeiro de 2011, a Riomar, vencedora da licitação, receberia, ao longo de 20 anos, mas de R$ 11.384.400,00 para, mediante concessão, reciclar materiais da construção civil.
Em seu despacho, proferido no último dia 16, o juiz da 2ª Vara Cível, Carlos Fakiani Macatti, entendeu que houve indícios de vícios quanto à qualificação da Riomar, irregularidades na publicação dos editais, na alteração do capital social da contratada e descumprimento de itens do edital relacionados à comprovação da propriedade do maquinário pela empresa, além da aceitação, pela prefeitura, de caução (garantia financeira) em valor muito inferior ao previsto no contrato.
Antes de proferir a sentença, o magistrado solicitou a manifestação do Ministério Público Estadual. “É possível afirmar que as falhas apontadas no certame em que a empresa “Riomar” foi sagrada vencedora são graves, e por isso autorizam, desde logo, a adoção de medidas jurídicas que permitam preservar a integridade do erário público envolvido, exposto à real possibilidade de dano pela administração da já combalida municipalidade de Barretos”, escreveu Renato Flávio Marcão, 2º promotor de Justiça.
A decisão judicial, proferida em caráter liminar, atendeu a ação popular ajuizada pelo empresário Leandro Reducino.
Falhas
Advogado de Reducino, Washington Rocha de Carvalho destaca na ação popular que, antes da concorrência pública 04/10, da qual saiu vencedora a Riomar, uma outra concorrência, a 02/10, havia sido feita visando à formalização do contrato para a implantação da usina. A empresa vencedora da concorrência foi a Poly Aço do Brasil. Mas de acordo com o advogado, sem apresentar nenhuma justificativa, a prefeitura revogou a licitação para, mais tarde, abrir nova concorrência.
Capacitação técnica
Outra ilegalidade citada na ação diz respeito à falta de qualificação técnica da Riomar, que tem como atividade o comércio varejista de materiais de construção em geral, “o que demonstra sua total inaptidão para desempenhar o objeto do contrato em apreço.”
A ação também destaca que o capital social mínimo para participar do certame era de R$ 500 mil. Contudo, a alteração do contrato social da Riomar foi feita apenas 10 dias antes da abertura dos envelopes, passando de  R$ 335 mil para R$ 515 mil.
A ação destaca que o valor total do capital social deveria estar integralizado em moeda corrente, mas  o da Riomar estava integralizado através de uma máquina.
Publicação
Outra irregularidade apontada foi a não publicação do edital de concorrência em jornal de grande publicação no Estado, o que tornaria público o ato para que o maior número de interessados tomasse ciência e viesse a participar do certame. Para o advogado, a medida restringiu o número de concorrentes, dificultando a apresentação da proposta mais vantajosa à prefeitura.
O primeiro texto do edital foi publicado em 26 de outubro de 2010.  Após a revogação desta concorrência, em 19 de novembro do ano passado houve a publicação de um novo edital, no qual o objeto da licitação tornou-se muito mais abrangente. Contudo, não se reabriu o prazo de abertura dos envelopes, conforme determina a Lei de Licitações. O novo texto foi publicado apenas 7 dias antes da abertura dos envelopes, quando, com a nova publicação, o prazo para reabertura deveria ser estendido para 30 dias.
Propriedade de bens
Em outra irregularidade apontada consta o descumprimento de regras do próprio edital: o contrato passou por modificação, e contrariando o que previa o edital, deixou de exigir a comprovação da propriedade de bens, que deveria ter sido apresentada no ato de assinatura do compromisso entres as partes. A prefeitura aceitou apenas a declaração particular para habilitação da Riomar – um documento, segundo a ação, sem nota fiscal que comprovasse a propriedade do maquinário exigido para que a empresa estivesse apta a realizar o serviço.

Caução
Por último, a ação aponta que a prefeitura descumpriu o próprio edital ao aceitar da Riomar uma garantia de execução do contrato muito menor do que aquela estipulada inicialmente. A caução exigida era de R$ 1.297.440,00, mas a prefeitura aceitou da Riomar, sem nenhuma ressalva, uma carta de fiança no valor de R$ 569.200,00, ou seja, 60% do valor exigido inicialmente. A validade da garantia da caução da Riomar era de apenas um ano. “Se a finalidade da primeira caução é garantir a execução do contrato, como aceitá-la com a vigência de apenas um ano, se o contrato terá duração de vinte anos?”, questionou o advogado, lembrando que a caução da Riomar não cobre nem a multa de 25% do valor do contrato.

 

Fonte: interativa

Compartilhar: Salve no Delicious Comente no digg Publique no facebook Marcar no Google BookMarks Postar no MySpace Twit-this! Windows Live  

Comentários sobre esta notícia

Esta notícia ainda não teve nenhum comentário.

Seja o primeiro, comente já!


Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu Nome:
Seu E-mail: (não será publicado)
Seu Site:
Seu Comentário: (Caracteres restantes: )

 
 
MN Engenharia e Gerenciamento
Brasil Post Móveis
B&N Projetos
Doka Bath Works
Vidraçaria Brasil
Quintal Paisagismo
 

Siga-nos no Twitter!
Links | Parcerias
Antenas
Suporte para Antenas
Banheira
Banheiras
Banheiras Contemporâneas
Banheiras Vitorianas
Banheiras para Bebés
Marketing em Medicina
Marketing para Clínicas
Agência de Publicidade em Campinas
Cirurgia Endovascular
Embolização de Miomas Transformação Digital
Lente de contato dental São Paulo
 
 
 
Novos Anúncios
Últimos Anuncios
Domos e Clarabóias Azulejos, Pisos e Revestimentos Portas e Janelas Divisórias e Box Banheiros Telhas Areia e Pedra Tijolos Cerâmica Engenharia
Top 5 Anúncios
 
ConstruçãoShopping.com.br
© 2009-2020 Direitos Reservados.
  Desenvolvido por
Argon | Otimização de Sites