Domingo, 27 de Setembro de 2020, 09:53   |   27 Usuários OnLine   |   Fale Conosco
Construção Shopping Presentes para Namorada
 
 

Almofadas, Ursinhos e Bichinhos de Pelúcia
Voc esta em: Construo Shopping » Venda de área da Frei Caneca vai financiar habitação no interior


Venda de área da Frei Caneca vai financiar habitação no interior


RIO - De olho na valorização do terreno onde ficava o complexo penitenciário da Frei Caneca, no Centro, o estado vai transferir para São Cristóvão o projeto de construção de moradias populares, dentro do programa Minha Casa Minha Vida, para famílias com renda de até três salários-mínimos. A ideia da administração estadual agora é vender a área da Frei Caneca, avaliada atualmente em cerca de R$ 100 milhões, e investir o dinheiro arrecadado em habitações populares no interior do estado, em municípios castigados pelas chuvas. A decisão foi divulgada na terça-feira por Flávia Oliveira, em sua coluna Negócios & Cia, no GLOBO.

Em São Cristóvão, a área é maior - são cem mil metros quadrados, contra 68 mil metros da Frei Caneca. Com isso, o número de apartamentos a serem construídos poderá ser ampliado: de mil para 1.500.

- Depois da chegada da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) à região e de todo o investimento que será feito no Centro nos próximos anos, o terreno da Frei Caneca se valorizou muito. Estimamos o valor da área em até R$ 100 milhões - afirmou Leonardo Picciani, secretário estadual de Habitação, responsável pelo projeto.

A Secretaria de Habitação já concluiu a regularização do terreno em São Cristóvão, que pertence ao governo do estado e fica ao lado do Cadeg. Até o fim da semana será publicado um edital convidando empresas a enviarem propostas para a construção das habitações populares, a serem financiadas pelo programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal. A Caixa Econômica Federal vai selecionar o melhor projeto.

- Com a venda, vamos aplicar os recursos no Fundo Estadual de Habitação, dentro do programa do governo de interiorização de unidades habitacionais - informou Leonardo Picciani.

As obras devem começar ainda este ano, de acordo com o governo, tão logo sejam concedidas as licenças tanto do estado como da prefeitura. O secretário de Habitação calcula que o empreendimento em São Cristóvão consumirá R$ 80 milhões em investimentos, sem contar as obras de infraestrutura e urbanismo.

Como na proposta original do conjunto que seria erguido na Frei Caneca, a ideia é beneficiar inicialmente moradores de áreas de risco dos morros da área central da cidade. Depois serão beneficiadas famílias cadastradas no programa (já são cerca de 150 mil). O plano do governo estadual é erguer, nos próximos anos, cerca de dez mil moradias populares.

 

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/mat/2011/05/10/venda-de-area-da-frei-caneca-vai-financiar-habitacao-no-interior-924431517.asp#ixzz1M4vJvCWC
© 1996 - 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

Fonte: O Globo

Compartilhar: Salve no Delicious Comente no digg Publique no facebook Marcar no Google BookMarks Postar no MySpace Twit-this! Windows Live  

Comentrios sobre esta notcia

Esta notícia ainda não teve nenhum comentário.

Seja o primeiro, comente já!


Envie seu comentrio sobre esta notcia
Seu Nome:
Seu E-mail: (no ser publicado)
Seu Site:
Seu Comentrio: (Caracteres restantes: )

 
 
Brasil Post Móveis
B&N Projetos
Doka Bath Works
Vidraçaria Brasil
Quintal Paisagismo
TelhaNorte
 

Siga-nos no Twitter!
Links | Parcerias
Móveis para Área Externa
Banheira
Banheiras
Banheiras Contemporâneas
Banheiras Vitorianas
Banheiras para Bebês
Marketing em Medicina
Marketing para Clínicas
Agência de Publicidade em Campinas
Cirurgia Endovascular
Embolização de Miomas Transformação Digital
Lente de contato dental São Paulo
 
 
 
Novos Anúncios
Últimos Anuncios
Domos e Clarabóias Azulejos, Pisos e Revestimentos Portas e Janelas Banheiros Divisórias e Box Telhas Areia e Pedra Tijolos Cerâmica Engenharia
Top 5 Anúncios
 
ConstruçãoShopping.com.br
© 2009-2020 Direitos Reservados.
  Desenvolvido por
Argon | Otimização de Sites