Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 18:02   |   55 Usuários OnLine   |   Fale Conosco
Construção Shopping Presentes para Namorada
 
 

Almofadas, Ursinhos e Bichinhos de Pelúcia
Você esta em: Construção Shopping » Amazonas tem o 5º metro quadrado mais caro no Brasil, revela IBGE


Amazonas tem o 5º metro quadrado mais caro no Brasil, revela IBGE

Manaus - O preço do metro quadrado da construção civil no Amazonas chegou a R$ 811,66, em abril, e ficou na quinta posição entre os Estados mais caros, segundo o Custo Unitário Básico da Construção (CUB), divulgado, ontem, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O valor do metro quadrado calculado pelo IBGE considera apenas os gastos com mão de obra e materiais de construção, desconsiderando despesas com fundação dos imóveis, elevadores, equipamentos e instalações como fogões, aquecedores, condicionadores de ar, entre outros serviços complementares oferecidos em determinados empreendimentos imobiliários.

O aumento no Amazonas foi impulsionado pela estabilização de preço de 39 produtos e alta de outros 14 itens na passagem do mês, com destaque para caixa d’água de fibrocimento para mil litros, com tampa. Em março esta caixa d’água custava R$ 254,70 e passou a R$ 260,02 em abril.

De um total de 69 produtos, 16 tiveram redução dos preços. O maior recuo foi encontrado no tijolo cerâmico furado medindo 10 cm x 20 cm x 20 cm (mil unidades): -20%. O preço do tijolo caiu de R$ 470, em março, para R$ 450, em abril.

O levantamento mensal também analisa o salário médio de dez profissionais da construção civil no Amazonas: armador, bombeiro hidráulico, carpinteiro de esquadrias, carpinteiro de formas, eletricista, ladrilheiro, mestre de obras, pedreiro, pintor e servente. Somente o carpinteiro de esquadrias teve aumento no salário, cuja hora de trabalho passou de R$ 4,58 para R$ 4,63.

No País, o CUB fechou o mês de abril em R$ 779,18 o metro quadrado, sendo 4,12% inferior ao custo no Amazonas.

O Rio de Janeiro registrou o maior custo da construção civil, R$ 894,95 seguido de perto por Rondônia (R$ 847,86), São Paulo (R$ 844,11) e Acre, com R$ 835,56 por metro quadrado.

No comparativo mensal, o metro quadrado no Amazonas ficou 0,26% mais caro, acima do índice da região Norte, 0,24% com CUB em R$ 785,07, porém, abaixo do índice nacional que foi de 0,48%.

A Bahia foi o único Estado com variação mensal superior a 0,5%, e atingiu 3,57% de alta na passagem de março para abril. O IBGE explicou que esse crescimento foi impulsionado pelo reajuste salarial decorrente de acordo coletivo entre o sindicato dos trabalhadores e o sindicato das empresas da indústria da construção civil.

Fonte: D24AM

Compartilhar: Salve no Delicious Comente no digg Publique no facebook Marcar no Google BookMarks Postar no MySpace Twit-this! Windows Live  

Comentários sobre esta notícia

Esta notícia ainda não teve nenhum comentário.

Seja o primeiro, comente já!


Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu Nome:
Seu E-mail: (não será publicado)
Seu Site:
Seu Comentário: (Caracteres restantes: )

 
 
MN Engenharia e Gerenciamento
Brasil Post Móveis
B&N Projetos
Doka Bath Works
Vidraçaria Brasil
Quintal Paisagismo
 

Siga-nos no Twitter!
Links | Parcerias
Antenas
Suporte para Antenas
Banheira
Banheiras
Banheiras Contemporâneas
Banheiras Vitorianas
Banheiras para Bebés
Clínica de Reprodução Humana
Marketing em Medicina
Marketing para Clínicas
Inseminação Artificial
Agência de Publicidade em Campinas
Cirurgia Endovascular
Embolização de Miomas Clínica de Fertilização
Transformação Digital
Lente de contato dental São Paulo
 
 
 
Novos Anúncios
Últimos Anuncios
Domos e Clarabóias Azulejos, Pisos e Revestimentos Portas e Janelas Divisórias e Box Banheiros Telhas Tijolos Areia e Pedra Cerâmica Engenharia
Top 5 Anúncios
 
ConstruçãoShopping.com.br
© 2009-2019 Direitos Reservados.
  Desenvolvido por
Argon | Otimização de Sites