Sexta-Feira, 04 de Dezembro de 2020, 15:00   |   61 Usuários OnLine   |   Fale Conosco
Construção Shopping Presentes para Namorada
 
 

Almofadas, Ursinhos e Bichinhos de Pelúcia
Voc esta em: Construo Shopping » Como escolher um Lustre e uma Arandela


Como escolher um Lustre e uma Arandela

Escolher os itens necessários em uma casa é sempre a parte mais difícil e com as arandelas não seria diferente. Afinal, seria melhor escolher um modelo apenas funcional, ou também pela estética? Qual é o melhor material? E não adianta, porque com tantas opções, é muito comum ficar confuso e acabar se decidindo por qualquer coisa, ou por algo que não atenda às suas necessidades, seja estética ou funcional.

“A arandela, como qualquer outra luminária, deve ser escolhida pelos seus aspectos funcionais e luminotécnicos. Uma vez cumprida esta fase, a escolha recai sobre os aspectos estéticos e coerência com o projeto de interiores”, diz Edson Coutinho, coordenador de tendências da Tok&Stok.

Quanto aos materiais, todos são possíveis desde que o produto tenha sido pensado para este fim. Adaptações são perigosas, pois não passam pelos testes de resistência e segurança que os fabricantes devem fazer antes de lançar um produto no mercado.

Onde posso usar?

As arandelas são indicadas para áreas que necessitem de iluminação indireta e mais suave. Em apartamentos novos é incomum encontrar pontos de luz específicos para este tipo de iluminação. Neste caso, é necessária uma pequena reforma para levar os cabos até o local desejado.

Arandelas são perfeitas para corredores, pois podem usar a própria parede como rebatedor de luz. Em salas de jantar, criam uma iluminação complementar ao pendente ao difundir luz para cima.

Ultimamente, vários projetos em quartos utilizam arandelas para aproveitar as diminutas áreas dos novos dormitórios, conseguindo criar uma luz de leitura para ambos no quarto do casal, mesmo que só caiba um criado mudo. Além disso, o seu uso libera o espaço ao lado da cama para apoio de outros objetos como despertador, livros e moringa.

Vale lembrar que todo produto deve seguir a indicação da lâmpada adequada por regras do Inmetro. Obedecendo esta indicação, não há problemas com bambu, cerâmica, cúpulas ou pergaminho. Se o fabricante indica lâmpadas de luz fria ou incandescentes de no máximo 40 W é realmente perigoso colocar.

Fonte: Casa IG

Compartilhar: Salve no Delicious Comente no digg Publique no facebook Marcar no Google BookMarks Postar no MySpace Twit-this! Windows Live  

Comentrios sobre esta notcia

Esta notícia ainda não teve nenhum comentário.

Seja o primeiro, comente já!


Envie seu comentrio sobre esta notcia
Seu Nome:
Seu E-mail: (no ser publicado)
Seu Site:
Seu Comentrio: (Caracteres restantes: )

 
 
Brasil Post Móveis
B&N Projetos
Doka Bath Works
Vidraçaria Brasil
Quintal Paisagismo
TelhaNorte
 

Siga-nos no Twitter!
Links | Parcerias
Móveis para Área Externa
Banheira
Banheiras
Banheiras Contemporâneas
Banheiras Vitorianas
Banheiras para Bebês
Marketing em Medicina
Marketing para Clínicas
Agência de Publicidade em Campinas
Cirurgia Endovascular
Embolização de Miomas Transformação Digital
Lente de contato dental São Paulo
 
 
 
Novos Anúncios
Últimos Anuncios
Domos e Clarabóias Azulejos, Pisos e Revestimentos Portas e Janelas Banheiros Divisórias e Box Telhas Areia e Pedra Tijolos Cerâmica Churrasqueiras
Top 5 Anúncios
 
ConstruçãoShopping.com.br
© 2009-2020 Direitos Reservados.
  Desenvolvido por
Argon | Otimização de Sites