Sábado, 05 de Dezembro de 2020, 06:02   |   29 Usuários OnLine   |   Fale Conosco
Construção Shopping Presentes para Namorada
 
 

Almofadas, Ursinhos e Bichinhos de Pelúcia
Voc esta em: Construo Shopping » Cerca de 89% das construtoras têm problemas para contratar mão de obra qualificada


Cerca de 89% das construtoras têm problemas para contratar mão de obra qualificada

À medida que o setor da construção civil cresce, aumentam os problemas com a contratação de profissionais no País. Segundo sondagem especial realizada pela CNI (Confederação Nacional das Indústrias), 89% das empresas da construção civil sofrem com a falta de mão de obra qualificada.  

Ainda de acordo com o estudo realizado em parceria com a CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção), a escassez não se limita aos profissionais mais especializados. Entre os empresários que enfrentam dificuldades com as contratações, 94% não encontram trabalhadores de nível básico, como pedreiros e serventes.

Segundo os entrevistados, as categorias profissionais em que a falta de qualificação traz maiores prejuízos ao funcionamento das empresas são aquelas vinculadas diretamente à execução da obra. Há falta de funcionários de nível básico, como pedreiros e serventes de nível técnico, como encarregados e mestres de obra de funcionários especializados, como engenheiros e arquitetos e de profissionais da área gerencial. Os resultados contrastam com estimativa do Ipea divulgada recentemente, a qual aponta que a construção civil terá 170 mil trabalhadores sem emprego em 2011.

Na avaliação de 61% dos empresários entrevistados pela CNI, a baixa oferta de mão de obra qualificada reduz a produtividade do setor. Para 59% dos participantes da pesquisa, essa situação compromete a qualidade das obras e 57% disseram ter problemas com o cumprimento dos prazos. "A perda de qualidade e o atraso nos prazos de entrega das obras resultam em perda de competitividade para o restante da economia brasileira", afirmaram os pesquisadores. O atraso nas entregas de obras também pode acarretar outro problema às construtoras se um projeto de Lei que tramita na Câmara dos deputados for aprovado. O PL 178/2011 prevê a anulação de tolerância em atrasos na entrega de obras. As construtoras só ficarão isentas de multas se comprovarem que a demora decorreu de dolo ou culpa do consumidor.

Durante a sondagem, um dos principais problemas apresentados foi a alta rotatividade dos profissionais, além da baixa qualidade da educação básica no País. Para melhorar o cenário, 64% dos donos de construtoras investem em capacitação de pessoal dentro da própria empresa e 45% adotam incentivos para retenção do trabalhador, como aumento de salários e outros benefícios. Outros 43% terceirizam serviços ou processos da produção.

A pesquisa foi feita com 385 empresas entre os dias 3 e 20 de janeiro. Entre as empresas entrevistadas 191 são de pequeno porte, 145 são médias e 49, grandes.

Fonte: PIN web

Compartilhar: Salve no Delicious Comente no digg Publique no facebook Marcar no Google BookMarks Postar no MySpace Twit-this! Windows Live  

Comentrios sobre esta notcia

Esta notícia ainda não teve nenhum comentário.

Seja o primeiro, comente já!


Envie seu comentrio sobre esta notcia
Seu Nome:
Seu E-mail: (no ser publicado)
Seu Site:
Seu Comentrio: (Caracteres restantes: )

 
 
Brasil Post Móveis
B&N Projetos
Doka Bath Works
Vidraçaria Brasil
Quintal Paisagismo
TelhaNorte
 

Siga-nos no Twitter!
Links | Parcerias
Móveis para Área Externa
Banheira
Banheiras
Banheiras Contemporâneas
Banheiras Vitorianas
Banheiras para Bebês
Marketing em Medicina
Marketing para Clínicas
Agência de Publicidade em Campinas
Cirurgia Endovascular
Embolização de Miomas Transformação Digital
Lente de contato dental São Paulo
 
 
 
Novos Anúncios
Últimos Anuncios
Domos e Clarabóias Azulejos, Pisos e Revestimentos Portas e Janelas Banheiros Divisórias e Box Telhas Areia e Pedra Tijolos Cerâmica Churrasqueiras
Top 5 Anúncios
 
ConstruçãoShopping.com.br
© 2009-2020 Direitos Reservados.
  Desenvolvido por
Argon | Otimização de Sites