Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019, 11:54   |   71 Usuários OnLine   |   Fale Conosco
Construção Shopping Presentes para Namorada
 
 

Almofadas, Ursinhos e Bichinhos de Pelúcia
Você esta em: Construção Shopping » Vendedores de espetinhos deverão usar churrasqueira a gás em Caxias do Sul


Vendedores de espetinhos deverão usar churrasqueira a gás em Caxias do Sul

Tem cheirinho de novidade e de polêmica no ar. A fumaça espalhada pelas churrasqueiras a carvão como sinal de que um vendedor de espetinhos se encontra nas proximidades terá de desaparecer do centro de Caxias do Sul. E o prazo para ela sumir vai até março, quando todos os comerciantes do produto deverão ter adotado a churrasqueira a gás nas quadras centrais. A prefeitura irá regularizar a atividade a partir deste mês, mas exigirá como contrapartida mais atenção a normas de higiene. Em bairros ou nas proximidades de estádios de futebol, o uso do carvão ainda estará liberado. Enquanto lojistas e pedestres comemoram a medida, alguns vendedores temem que a clientela caia em função da mudança do gosto do produto.

Os vendedores regularizados deverão instalar sua churrasqueira e retirá-la no fim do expediente diariamente. Também poderão optar por ter o equipamento dentro de um veículo, se este estiver adaptado para isso. O titular da Secretaria Municipal de Urbanismo, Francisco Spiandorello, explica que hoje o comércio de espetinhos na área central não é liberado pelo município. Um levantamento feito pela pasta aponta a existência de pelo menos 20 vendedores de churrasquinhos pelas ruas caxienses.

Há seis anos vendendo espetinhos no Centro, Noir Passaur Alves, 41 anos, será o primeiro ambulante a ser regularizado.

— A carne pega muito cheiro de fumaça com o carvão. O pessoal reclama muito da fumaça. Pelo menos 70% dos clientes não gosta porque sai com a roupa com cheiro. Na véspera do Natal, eu quase apanhei de um cara na rua por causa da fumaça — conta Alves.

Mas outros ambulantes acreditam que o assado no gás poderá reduzir a clientela. Atuando no Centro, Alexsandro da Rosa Mueller, 34, irá se adequar, mas não gostou da medida.

— Achei péssimo porque a nossa cultura é o churrasco a carvão. Não sei se um advogado, apoiado na cultura tradicionalista, não poderia até mesmo propor uma ação contra essa medida da prefeitura. O gosto da carne muda, não é a mesma coisa. No carvão, é melhor — acredita. 
Fonte: Clic RBS

Compartilhar: Salve no Delicious Comente no digg Publique no facebook Marcar no Google BookMarks Postar no MySpace Twit-this! Windows Live  

Comentários sobre esta notícia

manuel maria couce nieves, disse:
Em 23/04/2011 22:04:01

"eu fabrico churrasqueira a alcool de 2250 kcalorias não fazem fumaça, um litro de alcool rende 3 horas, 14 espetinhos por vez,em aproximadamente 20 minutos ja ha condições de consumo.Mais informações 051..30233582 051..92225504 com manuel couce , obrigado."


Envie seu comentário sobre esta notícia
Seu Nome:
Seu E-mail: (não será publicado)
Seu Site:
Seu Comentário: (Caracteres restantes: )

 
 
MN Engenharia e Gerenciamento
Brasil Post Móveis
B&N Projetos
Doka Bath Works
Vidraçaria Brasil
Quintal Paisagismo
 

Siga-nos no Twitter!
Links | Parcerias
Antenas
Suporte para Antenas
Banheira
Banheiras
Banheiras Contemporâneas
Banheiras Vitorianas
Banheiras para Bebés
Clínica de Reprodução Humana
Marketing em Medicina
Marketing para Clínicas
Inseminação Artificial
Agência de Publicidade em Campinas
Cirurgia Endovascular
Embolização de Miomas Clínica de Fertilização
Transformação Digital
Lente de contato dental São Paulo
 
 
 
Novos Anúncios
Últimos Anuncios
Domos e Clarabóias Azulejos, Pisos e Revestimentos Portas e Janelas Divisórias e Box Banheiros Telhas Tijolos Areia e Pedra Cerâmica Engenharia
Top 5 Anúncios
 
ConstruçãoShopping.com.br
© 2009-2019 Direitos Reservados.
  Desenvolvido por
Argon | Otimização de Sites